quinta-feira , 28 setembro 2017
Home / Apatia Social / Governo Federal para tapar rompo da Petrobras mexe no bolso do trabalhador

Governo Federal para tapar rompo da Petrobras mexe no bolso do trabalhador

Em 29 de dezembro de 2014 o  governo federal resolveu mexer nos benefícios dos trabalhadores assegurados por lei:
Pensão por morte, seguro desemprego e abono.
Tendo em vista uma economia de 18 Bilhões (0,3% do PIB – Produto Interno Bruto),  em contra partida no dia 17 de dezembro de 2014 foi veiculada pela mídia digital, impressa e visual que o  governo federal aprovou aumento nos salários dos ministros do STF, deputados e senadores, Presidente e ministros sendo todas as classes citadas receberão após o reajuste mais de 30 mil reais ao mês sem contar os auxílios como moradia passagens etc…
Em 01 de Janeiro de 2015 o governo federal anunciou 18 Bilhões de créditos extraordinários para Petrobras.

Espera ai me deixa entender...
O governo federal  economiza 18 Bilhões alterando as regras dos benefícios dos trabalhadores conforme exposto acima, repassa este montante para a Petrobras, e de quebra aumenta os salários dos ministros do STF, deputados senadores, Presidente e ministros. De onde vai sair este montante para cobrir o reajuste dos mesmos?
Será isso mesmo que eu entendi?

O governo federal poderia muito bem dispor de parte deste montante se apenas um dos diretores do ministério de planejamento e gestão o Sr: Lucas José Palomero não tivesse gastado com o cartão corporativo no exercício de 2014 o equivalente a R$ 394.015,03  com passagens áreas, conforme print. de tela do portal da transparência do governo federal, este montante é de apenas um diretor. Usando uma lógica simples o diretor citado no exercício de 2014 passou mais tempo viajando do que trabalhando, levando em consideração os valores individuais de cada passagem com valor médio de R$ 500,00, sendo o gasto total do exercício de 2014  R$ 394.015,03  dividido por 365 dias do ano é igual a R$ 1.079,49 por dia, não  considerando sábado domingo e feriados apenas os dias do ano, pelo valor médio a cada dia do ano o diretor efetuou uma viagem de ida e volta ao destino.

Portal Transparência
Portal Transparência

Então podemos pressupor o seguinte o governo federal tem dinheiro, apenas é muito mal aplicado.
Este é apenas um dos gastos de um diretor com  o cartão corporativo, façamos as contas se juntarmos todos os diretores, senadores, deputados… O quanto não seria economizado?
Mas o governo federal prefere mexer nos direitos adquiridos e garantidos por lei para o trabalhador brasileiro, enfim e sempre a sociedade brasileira que paga a conta.
Até o próximo post

PS – Post-scriptum (Escrito Depois)
Não sou especialista em leis muito menos em procedimentos municipais, estaduais e ou federais, estou tentando mudar de atitude.
Se por ventura minha humilde opinião estiver equivocada, peço a gentileza de algum representante do governo federal elucidar-me, estou no aguardo.
Antes de criticar mude você sua atitude  #ficadica.

Sobre X-men

Cidadão Comum, com o saco cheio de tanta sujeira no meio Político Brasileiro. Tentando mudar de atitude para contribuir por um Brasil um pouco melhor

Leia Também

Qual a solução do Brasil Opinião do blogueiro

Depois de acompanhar tantos escândalos na política brasileira na casa dos bilhões de reais, ver …

Depois da lista de Janot temos a lista do HSBC

Primeiro em meados de inicio do mês março tivemos a divulgação da Lista de Janot, …